Próxima
Próxima

Outros Serviços

CMAS
PDUI
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Cadastro Único
  • Importantes

  • Concurso Público Saúde - Médicos
    Concurso Público Saúde - Médicos
  • Oportunidades PAT
    Oportunidades PAT
  • Licitações
    Licitações
  • Frente de Trabalho
    Veja os Editais
  • Processo Seletivo
    Veja os Editais
  • Concurso Público
    Veja os Editais
  • Editais de Convocação
    Veja os Editais de Convocação
Notícias

Procon orienta consumidores nas compras de Páscoa

2016/03/17 16:04:00
 Procon orienta consumidores nas compras de Páscoa

O Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, orienta os consumidores sobre os cuidados com as compras de Páscoa, comemorada no domingo, dia 27 de março. A dica fundamental é pesquisar preços, seja em lojas físicas ou virtuais, pois há diferenças de preços significantes. Neste ano, houve  aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), aumento do dólar e, também, fábricas que diminuíram os pesos dos ovos de Páscoa. Com isso, os chocolates apesar de menores estão mais caros para o bolso do consumidor.

É importante que o consumidor faça uma lista de compras e estabeleça um orçamento máximo, evitando estourar esse valor e não utilizar limite do cheque especial ou financiamentos. Em geral, a atenção do consumidor é voltada apenas para o sabor, recheio e tamanho do presente, sem calcular o preço x peso; se é ou não um valor justo. Como se trata de um produto sazonal, o ovo se torna muito mais caro comparado a barras ou bombons.

Por exemplo, um ovo com brinquedo de 100 gramas custa     R$ 44,90 (R$ 449,00 o quilo).     Ou seja, pelo valor de um quilo desse mesmo ovo pode-se comprar 18 kg de chocolate em barra da marca líder.     Por isso, o consumidor deve fazer o comparativo de preços entre tablete, barra e caixa de bombons. Ficando atento também ao peso e tamanho que variam conforme fabricante, espessura dos ovos e se há recheio.

As fábricas estão sempre lançando novos produtos, focando especialmente as crianças, que ficam ao alcance das mãos e olhos nos mercados, mas comparativamente eles são bem mais caros. Uma dica é não levar a criança para escolher o ovo, pois ela irá escolher as embalagens mais chamativas, com personagens mais conhecidos e que por isso, custam mais caro. Lembre-se de que é possível fazer embalagens atrativas tendo como conteúdo bombons, ovinhos e brinquedo. Chocolate é chocolate, independente do formato.

Nesta época, o preço de peixes e bacalhau também costuma aumentar muito. Então, o cliente deve estar atento e substituir a compra de peixes mais nobres por outros mais em conta. 

Cuidados na compra de peixes:

- Em feiras livres os peixes frescos devem estar conservados em gelo e o feirante deve usar luvas descartáveis. É necessário ter gelo picado por cima, estar exposto em balcão de aço inox inclinado e protegido do sol e  insetos;

- No supermercado, devem estar em balcão frigorífico ou mesa com gelo. No caso do peixe congelado e aqueles que são vendidos em embalagens, o freezer onde estiver armazenado não pode estar superlotado, devendo respeitar os limites de acondicionamento sem impedir a circulação da refrigeração que comprometem a qualidade do peixe;

- Para conservação o produto congelado deve ser mantido sempre a temperaturas inferiores a -18 °C, e o resfriado abaixo de 0 °C. As geladeiras e balcões frigoríficos disponibilizam relógios de temperatura; 

- Na embalagem deve constar as seguintes informações: peso líquido, identificação do país de origem e do produtor, lote, registro no órgão de fiscalização competente, indicação de temperatura para conservação, data de acondicionamento e prazo de validade, além do carimbo do Serviço de Inspeção Federal. Em São Paulo, este carimbo pode ser substituído pelo do Serviço de Inspeção de São Paulo ou Serviço de Inspeção Municipal.

Bacalhau:

No Brasil, segundo o Ministério da Agricultura, a palavra bacalhau não define uma única espécie de peixe, mas refere-se ao processamento de diversos pescados salgados e secos. Mas independente da espécie o produto deve conter o nome de forma clara e ostensiva para o consumidor poder optar pelo produto que mais lhe convém.

As espécies mais valorizadas, consideradas legítimo bacalhau são: Gadus mohrua, Gadus macrocephalus e Gadus Ogac     – e no patamar abaixo, há opções mais baratas, como: Saithe, Ling, Zarbo e, neste ano, foi inserida outra espécie, a Polaca

Dicas:

- Não adquira peixe salgado se ele estiver com manchas avermelhadas ou pintas pretas no dorso, sinais que indicam a presença de bolor ou deterioração.     Alguns tipos de peixes que são ofertados como bacalhau fresco devem ser refrigerados    ;

-   O bacalhau, mesmo salgado, deve ser mantido refrigerado, segundo informações do fabricante.

Comente esta Notícia

Nome:
E-mail:
Comentário:

Cidadão

Serviços para Cidadão.
  • Alvara Já
  • E-Compras
  • Licitação / Pregão

Negócios

Serviços para Empresa.
  • Consulta de débito em dívida ativa
  • Armazém de Dados
  • Andamento de Processos

Governo

Serviços para Governo.
  • Editais de Convocação
  • Concurso Público
  • Processo Seletivo
  • Frente de Trabalho