Próxima
Próxima

Outros Serviços

CMAS
PDUI
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
Cadastro Único
  • Importantes

  • Concurso Público Saúde - Médicos
    Concurso Público Saúde - Médicos
  • Licitações
    Licitações
  • Frente de Trabalho
    Veja os Editais
  • Processo Seletivo
    Veja os Editais
  • Concurso Público
    Veja os Editais
  • Editais de Convocação
    Veja os Editais de Convocação
Notícias

Não se coloque em risco; vacina contra Febre Amarela é só pra quem vive no município

2018/01/19 16:40:00
Não se coloque em risco; vacina contra Febre Amarela é só pra quem vive no município De acordo com o Estado de Alerta em Saúde decretado em Itapecerica da Serra nesta sexta-feira (19/01), a campanha de vacinação contra a Febre Amarela a partir de agora passa a atender exclusivamente quem reside, trabalha ou tem a real necessidade de permanência na cidade. Para aplicação da vacina, as Unidades de Saúde do município vão exigir a comprovação de um dos três fatores citados.

É importante destacar que quem não mora ou circula próximo a áreas de mata nativa só poderá adquirir o vírus por meio do ciclo urbano da doença, que não ocorre no Brasil desde 1942. Este ciclo apenas acontece afetando primeiros os moradores das áreas de mata (principalmente contaminadas, como ocorre neste momento em Itapecerica da Serra), por isso é importante a vacinação do público correto.

O mosquito que pica o macaco não é o mesmo daquele que pica o homem. Enquanto o primeiro é o Haemagogus janthinomys, que vive na mata fechada; o segundo é o Aedes aegypti, aquele que também transmite Dengue, Zika e Chikungunya, e vive dentro da sua casa, na área urbana.

Então, quem reside em área segura e decide ir se vacinar em áreas contaminadas, se coloca em situação de alto risco (uma vez que a vacina só passa a imunizar a pessoa após dez dias), além de aumentar a chance de uma possível volta do ciclo urbano. Isso porque corre o risco de ser picado por mosquitos infectados e, ao voltar para casa, se estiver contaminado e for picado pelo Aedes, este é quem pode disseminar o vírus para outras pessoas.

Ao invés de entrar numa corrida em busca da vacina, para quem mora fora de área de risco, o mais importante para proteger a si e a sua família e colaborar com a cidade toda é combater o mosquito Aedes aegypti. Além de evitar a Febre Amarela, você também estará evitando Dengue, Zika e Chikungunya.

Ou seja, o foco agora na cidade é combater o mosquito Aedes aegypti, e não os macacos. Mesmo porque estes animais além de serem vítimas, são importantes no combate à Febre Amarela. Seguindo o ‘rastro’ das mortes dos macacos, é possível desenhar o ‘corredor do vírus’ e tomar as medidas de proteção de forma mais eficaz.
 
Decreto Estado de Alerta em Saúde

Comente esta Notícia

Nome:
E-mail:
Comentário:

Cidadão

Serviços para Cidadão.
  • Alvara Já
  • E-Compras
  • Licitação / Pregão

Negócios

Serviços para Empresa.
  • Consulta de débito em dívida ativa
  • Armazém de Dados
  • Andamento de Processos

Governo

Serviços para Governo.
  • Editais de Convocação
  • Concurso Público
  • Processo Seletivo
  • Frente de Trabalho